Enredo

O Universo


A imaginação humana é a maior ferramenta de criação do universo. Dela nascem os mais diversos sonhos, que são alimentados pelo espirito constante da inovação, da evolução, da mudança. Esse poder pode influenciar tudo ao seu redor, uma energia tão poderosa que é capaz de dar vida a fantasia. Animais, plantas, objetos inanimados, tudo é capaz de ser transformar através dos sonhos humanos.

Hanamachi, assim como diversos outros mundos, é fruto dessa energia sonhadora da humanidade.

MAS AFINAL, OQUE É HANAMACHI?

A palavra "Hanamachi" vem da lingua japonesa e significa "Cidade Flor". Hanamachi é um mundo paralelo aonde às flores, influenciadas pelo poder de transformação da energia humana, ganham forma humanóide e consciência de sua existência.

POR QUE ESSA LIGAÇÃO DE HANAMACHI COM O JAPÃO

O Japão é uma imensa fonte de cultura, tanto tradicional como moderna. E nada mais justo um mundo fantasioso baseado em plantas, buscar a sua luz inspiradora vindo da cultura do Sol Nascente.

Como é Hanamachi?


Hanamachi é um lugar aonde seres originários de flores, assumem traços humanos e vivem em harmonia. Esse mundo recebe grande influência da cultura oriental, presente fortemente nas suas casas, ruas, praças enfim... todos os lugares. Esses seres se personalizaram tanto ao ponto de se tornarem únicos, cada um com suas características e personalidades marcantes.

Hanamachi é regida por um justo imperador chamado Kin Haru (Primavera Dourada em japonês), originário da flor de Crisântemo dourada (que representa o símbolo do trono do Império do Japão). Ele e sua esposa Saki, originária da flor de Cerejeira/Sakura (que é uma das flores mais marcantes do oriente), governam pacificamente esse mundo.

Certo dia, Kin Haru e Saki encontram uma pequena semente trazida pelos ventos do ocidente e ambos resolvem adota-la como filho. Eis a alegria quando dessa semente de esperança, nasce o jovem Purpurata, originário da flor de Orquídea, que se tornou o Príncipe de Hanamachi (inspirado na Orquídea Laelia Purpurata, símbolo de Joinville. O ato é um simbolismo do oriente acolhendo o ocidente, no caso representado por Joinville, que afinal, é a cidade das flores e também dos Príncipes).

Mas para Hanamachi continuar a existir, ele precisa constantemente renovar essa energia sonhadora vinda da humanidade. Por isso, sempre durante a Primavera, as portas de Hanamachi se abrem ao mundo humano. Durante esse período, os habitantes desse mundo proporcionam um final de semana de entretenimento para em troca, receberem a energia da alegria e felicidade, fazendo assim que Hanamachi sobreviva por mais tempo, se estiver presente no coração das pessoas.

Toda essa cerimônia de festividade é orquestrada pelos sacerdotes do Templo Don Soi, responsáveis pela proteção de Hanaki, uma relíquia que se encontra no centro do mundo de Hanamachi, que capta e armazena a energia que sustenta a magia sobre o império.

Mas algo está prestes a mudar!
Uma força misteriosa quer destruir essa harmonia!
E para que isso não aconteça, precisamos de sua ajuda!
Venha! Faça parte desse mundo!
Seja Bem-Vindo à Hanamachi.

Habitantes marcantes de Hanamachi


PRÍNCIPE PURPURATA

Filho adotivo de Kin Haru e Saki. É um príncipe egocêntrico, sedutor e rebelde, mas com um caráter inquestionável. É o futuro herdeiro ao trono de Hanamachi. Tem amor declarado por Banira, mas sabe que ambos têm responsabilidades que não podem ser abaladas, apesar disso, não desiste de seu amor. Inspirado na flor Laelia Purpurata, também uma orquídea, símbolo de Joinville.

SACERDOTISA BANIRA

Discípula favorita do Gerard Don Soi, que apesar de muito jovem, é uma das encarregadas da responsabilidades de proteger o Hanaki e de ministrar o Festival de Hanamachi. Apesar de tímida e insegura, trata com muita seriedade sua função. É adorada por todos do império. Inspirada na flor de Baunilha, uma orquídea.

FRITZ MCJACK

Hanamachi não é o único lugar que surgiu paralelo ao nosso. Outro universo originário de tal força foi Animália, onde os animais também assumem forma humanoide, onde Fritz nasceu.

Ele e seus comparsas começaram a causar o caos nessa terras, mas acabaram sendo expulsos e exilados no mundo humano, aonde voltaram a viver em suas formas animais.

Influenciado pela abertura dos portões de Hanamachi nesse mundo, Fritz se transforma novamente e resolve que quer essa força para si. Então esse ano ele prepara um plano para a conquista de Hanamachi, a fim de roubar para si a energia contida no Hanaki, podendo assim assumir a forma humanoide para sempre e dominar não só Hanamachi, mas sim toda a humanidade.

(O Jacaré simboliza a natureza selvagem do lado humano, que para fins de seu própios objetivos, pode devorar sonhos alheios. Também é uma homenagem ao Jacaré que costuma aparecer no rio central de Joinville, que mesmo na adversidade da poluição, consegue lutar, sobreviver e assustar muitas pessoas! Bwahahahaha!).

CRÉDITOS:

Criação: Marcos Fabiano Costa.
Auxiliares: Roger Bezerra Candido, Paula Neideck e outros.
Todos os direitos reservados ao evento Hanamachi.

D.J. Reader Jersey